Paula Padua

Meu nome é Paula, sou consultora de projetos numa empresa de TI. Comecei indo algumas vezes levar sopa com minha mãe e avó para as famílias que viviam de baixo da ponte quando eu era criança. Em 2010 fui chamada pelo meu irmão a participar do grupo Passos Mágicos que ajuda crianças que vivem em orfanatos, em sua formação, ajudamos pagando a escola particular das crianças, dando auxilio psicológico, aulas de reforço e fazendo melhorias nas instalações dos orfanatos, além de dar amor e carinho a todos.

Recentemente, além do projeto com as crianças comecei a me movimentar de São Paulo para ajudar um projeto contra a miséria em Sertania, localizada no interior de Pernambuco. Daqui de Sao Paulo, comecei uma ação depois de uma conversa informal com uma amiga de Recife a respeito da miséria do povo nordestino, em especifico de Sertania. Essa amiga me disse que havia um pequeno grupo que ajudava lá, explicou da situação enfrentada, e tocada pela situação foi impossível ficar parada sabendo da gravidade.

Comecei a enviar e-mail para amigos, instituições e infelizmente, nessas instituições não consegui apoio, acredito que não por falta de vontade, mas porque realmente é tanta miséria até desconhecida no país que fica difícil ajudar a todos. Não desisti! Pedi ajuda mesmo que fosse em oração, afinal, pra fazer o bem Deus sempre ajuda. E foi o que aconteceu. Depois de muita correria, consegui arrecadar uma quantia equivalente a 470 cestas básicas. Sem pensar duas vezes, marquei viagem para Recife com o meu marido e de lá, o André, responsável pela iniciativa lá na cidade, nos recebeu.

Ele nos apresentou às famílias, às comunidades e à miséria, desconhecida por muitos. Foi tocante, pois apesar de viverem em casas de taipa, muitas vezes sem agua, sem energia elétrica e as menores condições, sem comida, estavam la, nos recebendo com amor e carinho, com respeito e educação e um sorriso no rosto. Reunimos mais de 200 famílias para fazer a entrega das cestas básicas. E assim, depois dessa experiência , acho que nem preciso falar que a vontade em ajudar multiplicou. Da gosto poder ajudar pessoas como essas, pobres na vida mas ricas na alma, com desejo de aprender, e terem uma vida mais digna! Mal voltei de lá e já estou pensando qual será nossa próxima ação daqui de Sao Paulo. As necessidades são muitas, precisamos educar as crianças, ensinar aos adultos algum oficio para que possam trabalhar e receber o fruto de seus esforços, montar um espaço para que recebam atendimento médico e claro mostrar a eles que para Deus nada é impossível…

Trazer a esperança de que um mundo melhor depende de nós, de cada um que passa em nossas vidas. Cabe a nós todos compartilhar seja o que for para a vida de muitos transformar.

There are 2 comments

  1. Paula

    Sem nunca esquecer que sozinha nada disso seria possível. Muita fé, Deus no coração e amigos movidos pelo amor em ajudar o próximo…Fica aqui minha gratidão a todos vocês

  2. Michelle Flues Ivanoff

    Conheço a Paula e sei o quanto ela se dedicou a elas te projeto. Conversamos bastante sobre a realidade de Sertania. Maravilhoso trabalho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s